Aki Noticias de ZaNessa e de varios famosos!Com quadros incriveis.Ñ somos nem melhor nem pior somos apenas um Blog diferente =]!!
24
Fev 09
publicado por Sandro_Gisele, às 16:06link do post

Os desfiles da segunda noite do Grupo Especial ocorreram sem maiores problemas. Nenhuma escola desrespeitou o limite de tempo nos desfiles, apesar de incidentes que atrapalharam a Porto da Pedra. A apuração das escolas de samba do Rio de Janeiro acontece na quarta-feira (25), às 15h.

 

Porto da Pedra

Primeira escola a desfilar na segunda noite, a Porto da Pedra enfrentou problemas com o carro abre-alas e cruzou a avenida no limite do tempo permitido: 82 minutos.
Batizado de "Expulsão do paraíso", o carro trouxe Grace Kelly, mais conhecida como Mulher Maçã, em referência à tentação que levou Adão e Eva a cometerem o "pecado original". Durante o desfile, algumas alegorias se separaram do carro, o que pode prejudicar a escola.

 

Salgueiro

O Salgueiro, vice-campeão de 2008, foi a segunda agremiação a desfilar.

A rainha de bateria da escola, Viviane Araújo, machucou o ombro durante o desfile, mas o incidente não prejudicou seu desempenho.

 O tambor foi o instrumento de percussão escolhido para dar nome ao enredo do Salgueiro, a cargo do carnavalesco Renato Lage.
A escola desfilou com uma corte africana na Avenida, entre sacerdotes, rainhas e muitas divindades evocadas pelo som do batuque.

 

 

A Imperatriz resgatou as origens do samba carioca em seu desfile.
 O enredo "Imperatriz.... só quer mostrar que faz samba também!" foi marcado pela volta do intérprete Paulinho Mocidade, que estava afastado havia alguns anos.

 A escola aproveitou os festejos do seu cinquentenário para levar para a Avenida suas origens, histórias e personagens, revivendo com o público desfiles marcantes, que coroaram a comunidade verde-e-branca. Ramos, no subúrbio do Rio,foi o grande homenageado pela escola, sob o comando da carnavalesca Rosa Magalhães

 

Portela

A Portela entrou na avenida à 1h47, em desfile que durou 81 minutos.

Com 39 alas, 7 alegorias e 4.200 componentes, a escola contou na Avenida histórias literalmente apaixonantes.

 O principal carro foi o abre-alas, que levou a tão esperada águia da Portela, com cerca de 25 metros de comprimento. 

 A rainha de bateria Luma de Oliveira, afastada há três anos da Passarela do Samba, voltou à frente dos ritmistas da Portela. Luma foi rainha de bateria de diversas escolas entre 1987 e 2004

 

Mangueira

 

Quinta escola a desfilar na última noite do carnaval carioca em 2009, a Mangueira encerrou sua participação retratando a identidade do povo brasileiro. Em 2008, a escola ficou em 10º lugar.
 

A Mangueira abriu seu desfile representando várias culturas do país. O folclore foi o tema da Comissão de Frente da escola Verde e Rosa, comandada por Janice Botelho. Ela substituiu Carlinhos de Jesus, que esteve na função por 25 anos

 

Viradouro 

A Viradouro entrou com o enredo "Vira-Bahia, pura energia", exaltando o meio ambiente e os combustíveis "verdes", como o biodiesel.

 A escola não usou nas fantasias ou no acabamento das alegorias materiais como búzios, palha da costa ou ráfia. A primeira alegoria mostrou o encontro do céu com a terra – ou o Orum com o Ayiê, na linguagem iorubá, como cita o samba-enredo da Viradouro.

A atriz Isabel Filardis e Nana Gouvêa foram alguns dos destaques da escola

 

Bjin !gi!!!

 

 

 Imperatriz Leopoldinense

sinto-me: Com raiva muita raiva
música: .............

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15



arquivos
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO